Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

optimus

de que é que precisas?



Hum, deixa ver.

O laranja futuro fica a matar, então as tonalidades que sugerem a liquidificação estão demais.

Gosto particularmente de a marca nunca ser apresentada da mesma forma. O magma à volta é quase sempre diferente. Estiveram muito bem neste aspecto e vai de encontro aos conceitos definidos.

O que falha:
Falta consistência na imagem. Se em TV e imprensa funciona na perfeição, o mesmo não acontece quando a marca precisa de funcionar isolada.
Muito pouco logotipo (palavra optimus) para tanto magma à volta. Não tem força.

O copy é medonho! "de que é que precisas?"
Soa mal e é difícil de dizer. Muito mau.

De forma geral agrada-me e o conceito é muito bom. MAGMA: dinâmismo, mudança, matéria viva e supreendente. Está lá tudo.

Mais info aqui.
tags:
publicado por piu às 10:53
link do post | comentar

quem?

esgravatar

 

novos

Obsessão

2 anos

Santo António

Eu ainda sou vivo, tá bem...

Respirem!

My House in Lisbon

Norberto Chaves

Laura

Cæsar Coiso

Domingo que Só Visto!

velhos

Agosto 2011

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

tags

todas as tags

links

RSS